Estado do RJ autoriza volta às aulas presenciais a partir de 14 de setembro

 

O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC), autorizou a retomada das aulas presenciais no Estado a partir de 14 de setembro para a rede privada e 5 de outubro para a rede pública, faculdades e universidades. A medida, publicada em edição extra do Diário Oficial, nessa 4ª feira (19.ago.2020), tem caráter de recomendação. O Estado destaca que “os municípios têm autonomia para manter suas determinações e regras”.

Segundo o decreto, as aulas presenciais só poderão ser retomadas em regiões que estejam classificadas com baixo risco de contaminação pela covid-19 por, pelo menos, 2 semanas seguidas da data prevista para a volta.

Witzel autorizou também a reabertura, a partir desta 5ª feira (20.ago), de estabelecimentos culturais em áreas com bandeira amarela: Baía da Ilha Grande, Baixada Litorânea, Metropolitana I, Metropolitana II, Noroeste, Norte e Serrana. No entanto, os eventos com a presença de público e a permanência em praias, lagoas, rios e piscinas públicas seguem proibidos.

As salas de cinema devem ter lotação máxima de 40% da capacidade total. Os teatros, salas de concerto, museus e centros culturais não devem ultrapassar 1/3 do total de pessoas que o espaço comportaria em situação normal. Os cinemas precisam ainda seguir as orientações de higiene da FENEEC (Federação Nacional Das Empresas Exibidoras Cinematográficas). Os teatros e centros culturais precisam seguir as normas da FUNARJ (Fundação Anita Mantuano de Artes do Estado do Rio de Janeiro).

O Estado autorizou ainda, a partir de 1º de setembro, o transporte de detentos para audiências, desde que seja feito de forma gradativa.

Postar um comentário

0 Comentários

×