Breaking News

Escolas particulares do Rio adiam retomada das aulas presenciais

Professores da rede particular do Rio decidiram não voltar às salas de aula nesta 2ª feira (2.ago.2020) para evitar o avanço da covid-19, doença respiratória causada pelo novo coronavírus, na cidade. Permanecerão em teletrabalho. A decisão foi anunciada depois de assembleia virtual do Sinpro-Rio (Sindicato dos Professores do Município do Rio de Janeiro e Região) com mais de 500 docentes realizada no sábado (1º.ago).

O sindicato diz que defende o retorno quando houver respaldo de órgãos da saúde e da ciência, como a OMS (Organização Mundial da Saúde), a Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz), a UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro) e a UERJ (Universidade Estadual do Rio de Janeiro). Nova assembleia está marcada para 15 de agosto.

A retomada seria voluntária para estudantes, professores e funcionários e valia para as classes do 4º, 5º, 8º e 9º anos. O retorno foi permitido pelo prefeito Marcelo Crivella (Republicanos) em 20 de julho, sem data para a volta dos colégios públicos.

Postar um comentário

0 Comentários

×