Índia supera um milhão de casos de coronavírus


A Índia ultrapassou o marco de 1 milhão de casos do novo coronavírus, nesta sexta-feira (17), enquanto as autoridades locais aumentam as restrições sanitárias e ordenam medidas de confinamento para conter a propagação da pandemia de covid-19.
Terceiro país do mundo em número de infecções registradas, atrás dos Estados Unidos e do Brasil, o gigante asiático registrou até esta sexta-feira 25.602 mortes e 1.003.832 casos confirmados desde o início da pandemia, apontam dados oficiais publicados pelo Ministério da Saúde.
O segundo país mais populoso do planeta registrou cerca de 35.000 casos e 700 mortes atribuídas ao vírus nas últimas 24 horas, segundo o balanço do Ministério.

O número de óbitos por COVID-19 na Índia permanece relativamente baixo em comparação aos países mais afetados, com 18 mortes por milhão de habitantes. Nos EUA, o país mais devastado pela pandemia, são 417 por milhão de habitantes, conforme cálculos da AFP com base em dados oficiais.
Por iniciativa dos governos regionais, nas últimas semanas foram ordenadas medidas de reconfinamento e restrições sanitárias em todo país, de 1,3 bilhão de habitantes.
Os 125 milhões de habitantes do estado de Bihar (norte) foram reconfinados na quinta-feira à meia-noite, no dia seguinte à aplicação de uma medida semelhante aos 13 milhões de habitantes da aglomeração de Bangalore (sul).
No final de março, o governo indiano impôs um rígido confinamento que durou até o início de junho, quando foi levantado para revitalizar a economia, apesar do número de casos continuar subindo. Ainda assim, muitas das restrições permanecem em vigor.

Postar um comentário

0 Comentários

×