Lamento todos os mortos, mas é o destino de todo mundo, diz Bolsonaro


O presidente Jair Bolsonaro disse “lamentar” as mortes por covid-19, mas afirmou que “é o destino de todo mundo”. A fala foi feita na manhã de 3ª feira (2.mai.2020), durante conversa com apoiadores na saída do Palácio da Alvorada.

Ao responder uma apoiadora que pediu “uma palavra de conforto”, Bolsonaro disse: “Pode ter fé e acreditar que a gente vai mudar o Brasil”. Indagado sobre o que diria para as pessoas que estão em luto, falou: “Eu lamento todos os mortos, mas é o destino de todo mundo”.

O Brasil registrou mais de 555 mil casos de covid-19 e 31.199 mortes até às 19h30 de 3ª feira (2.mai), segundo dados divulgados pelo Ministério da Saúde.


Postar um comentário

0 Comentários

×