Dólar fica acima de R$ 5,10 nesta Segunda


O dólar inicia a semana em alta frente ao real, refletindo a maior aversão a risco no mundo, após estados americanos, como Texas e Florida, apresentarem recordes de casos de coronavírus no fim de semana. O aumento do número de infectados ocorre em meio aos processos de reabertura nos Estados Unidos, intensificando os temores sobre uma segunda onda de contaminação. Às 9h30, o dólar comercial subia 2% e era vendido a 5,145 reais, enquanto o dólar turismo, com menor liquidez, avançava 3,6%, cotado a 5,43 reais.
Apesar do ritmo de contaminação nos Estados Unidos ter voltado a crescer, autoridades econômicas do país descartam novos isolamentos sociais mais rígidos. Depois de o secretário do Tesouro americano, Steven Mnuchin, ter afastado a possibilidade de mais um lockdown, foi a vez do diretor do Conselho Conselho Econômico Nacional da Casa Branca, Larry Kudlow, dizer que os EUA seguem reabrindo sua economia.
Mas além dos EUA, países asiáticos também voltam a registrar novos casos, após terem atingido um grau ainda maior de controle da doença. Esses foram os casos da China e da Coreia do Sul, que vêm enfrentando o aumento do contágio desde que experimentaram uma flexibilização das quarentenas. Na Coreia, bairros badalados se tornaram os principais focos da doença, enquanto na China, o maior mercado de alimentos de Pequim precisou ser fechado.

Postar um comentário

0 Comentários

×