Breaking News

Começa hoje testagem em massa contra o coronavírus em São Paulo


A testagem, essencial para entender e conter as ondas de disseminação do novo coronavírus, ganha um fôlego importante a partir desta sexta-feira (15) com um novo programa do governo do estado de São Paulo.
O projeto piloto já está em andamento junto em parceria com a Polícia Militar, mas no total a meta é realizar um milhão de testes, metade comprado pelo Instituto Butantan e metade fornecido pelo Ministério da Saúde.
Este número inclui o teste rápido, que identifica em 15 minutos os anticorpos no sangue. Com isso, será possível mapear quantas pessoas já pegaram o vírus mesmo que não tenham demonstrado sintomas, permitindo calcular o quão espalhado está o vírus no estado.
José Henrique Germann, secretário de saúde de São Paulo, disse que a estratégia de testagem será o grande tema desta sexta-feira na coletiva de imprensa que sua equipe faz diariamente.
Todos os países que tiveram sucesso em conter as ondas da doença o fizeram por meio de estratégias de testagem ampla seguida de rastreamento e isolamento daqueles que tiveram contato com o infectado.
Ontem, o secretário do Tesouro Nacional, Mansueto Almeida, disse em audiência virtual na Comissão Mista de Acompanhamento da covid-19 do Congresso Nacional que “a saída do distanciamento social dependerá de uma série de fatores, como a massificação dos testes”.
No entanto, o governo federal ainda não deixou claro quais são seus prazos e metas neste sentido. Enquanto isso, o número de casos confirmados ultrapassou 200 mil e as mortes chegaram a 13.993 nesta quinta-feira (14).

Postar um comentário

0 Comentários

×