Bolsonaristas fazem protesto à noite na Praça dos Três Poderes


Membros do acampamento da ativista Sara Winter fizeram uma manifestação na noite de sábado (30.mai.2020) em frente à sede do STF (Supremo Tribunal Federal), na Praça dos Três Poderes, em Brasília.
No ato, os participantes, usando máscaras, carregavam tochas em uma marcha em direção à Corte. De acordo o site O Antagonista, o ato reuniu cerca de 30 pessoas.
Os participantes gritavam palavras de ordem contra o Supremo e contra o ministro Alexandre de Moraes: “Viemos cobrar, o STF não vai nos calar” e “Careca togado, Alexandre descarado”.

A ativista Sara Winter foi 1 dos alvos de operação da Polícia Federal em 27 de maio que investiga o disparo de notícias falsas por aliados do governo Bolsonaro. Ela também esteve no protesto.
“Nesses 16 anos, nunca tentaram calar, atacar e processar de todas as formas quem defendesse o PT, mas fazem isso com o novo governo. Só esse esforço de calar o novo governo já deveria mostrar ao país que o sistema podre e de corrupção com dinheiro público que a esquerda deixou está tentando ser quebrado”, escreveu uma apoiadora numa rede social do grupo que realizou o ato.

Ameaças a Alexandre de Moraes

Sara Winter ameaçou o ministro do STF Alexandre de Moraes em vídeo postado em suas redes sociais na 4ª feira (27.mai): “A gente vai infernizar a tua vida. A gente vai descobrir os lugares que o senhor frequenta, a gente vai descobrir quem são as empregadas domésticas que trabalham para o senhor, a gente vai descobrir tudo da sua vida”.






Postar um comentário

0 Comentários

×