Alcolumbre diz que fake news ‘comprometem’ a democracia

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), afirmou, nesta quarta-feira (27), que as fake news minam as instituições e contaminam toda a sociedade do Brasil.
A declaração foi proferida após a Polícia Federal (PF) cumprir mandados de busca e apreensão no inquérito do Supremo Tribunal Federal (STF) sobre notícias falsas.
Todos os alvos da operação foram aliados do presidente da República, Jair Bolsonaro, que repudiou as ações do ministro Alexandre de Moraes.
Em mensagens no Twitter, o senador Alcolumbre prometeu votar na próxima segunda-feira (1º) um projeto que endurece o combate às chamadas fake news.
“As notícias falsas não minam apenas as instituições, os políticos ou as celebridades. Elas contaminam a sociedade como um todo, ofendem qualquer cidadão, distorcem qualquer fato e comprometem a liberdade de expressão, que é o princípio básico da democracia.”
Alcolumbre acrescentou:
“Para combater essa avalanche de fake news, que agride cada cidadão brasileiro, todos os dias, o Senado Federal deve votar,na próxima terça-feira (2), o projeto (PL 2630/2020, de autoria do Senador Alessandro, que institui a Lei Brasileira de Liberdade, Responsabilidade e Transparência.”
E completou:
“O objetivo da proposta é fortalecer a democracia por meio do combate a informações falsas. Por isto, barrar as fake news é um serviço em prol da liberdade, da boa informação e da verdade. Aqueles que espalham fake news devem ser punidos com os rigores da lei.”

Postar um comentário

0 Comentários

×