751 mortes por covid-19 em 24h e total vai a 9.897 no Brasil


O Brasil confirmou mais 751 mortes por coronavírus em 24 horas, segundo balanço do Ministério da Saúde, divulgado nesta sexta-feira, 8. O país agora tem um total de 9.897 vítimas. É o quarto dia consecutivo que o registro de novos óbitos fica acima de 600.
Em uma semana, foram três recordes de mais mortes. Tanto ontem como hoje, o Brasil teve mais vítimas da doença do que o Reino Unido, que registrou uma média de 600, mas tem uma população que corresponde a 32% da brasileira. Só ficou atrás dos Estados Unidos.
No total, há 145.328 casos confirmados da covid-19, de acordo com o governo federal. Em um dia, mais 10.222 resultados foram contabilizados como positivo.
São Paulo segue como o epicentro da doença, com mais de 40 mil infecções confirmadas e 3,4 mil mortes. Nesta sexta-feira, 8, o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), prorrogou a quarentena até 31 de maio, sem flexibilização, em todos os 645 municípios do estado.
O estado do Rio de Janeiro contabiliza 15.741 pessoas com a covid-19 e 1.503 mortes. A capital fluminense adotou o fechamento de alguns bairros. Niterói será a primeira cidade do Sudeste a estar em lockdown a partir desta segunda-feira, 11.
Entrou em vigor nesta sexta-feira o bloqueio total da capital do Ceará, Fortaleza. Além do lockdown, o governador Camilo Santana (PT) estendeu o decreto de isolamento social por mais 15 dias no restante do estado que tem 14.959 casos confirmados e 1.638 mortes.
Outras duas capitais, São Luís e Belém, também adotaram o isolamento total. Quem estiver na rua sem um motivo essencial pode pagar multa ou ser detido.

Postar um comentário

0 Comentários

×