Jornais voltam a cravar demissão de Mandetta até sexta-feira


Alguns jornais da imprensa brasileira voltaram a cravar a demissão do ministro da Saúde, Henrique Mandetta, até o fim desta semana.
Fontes ouvidas pelo portal R7 confirmaram que o clima entre Mandetta e o presidente da República, Jair Bolsonaro, se tornou insustentável diante da divergência pública.
Com o apoio da ala militar, que já estaria reconhecendo a incompatibilidade entre Bolsonaro e Mandetta, “o martelo foi batido no Palácio do Planalto”. “O ministro da Saúde será demitido nesta semana”, destacou a revista Veja.
O jornal Folha de S.Paulo disse que Mandetta já “avisou sua equipe que Jair Bolsonaro já procura um nome para o seu lugar e que deve ser demitido ainda nesta semana”.
“Ele conversou com integrantes da pasta em clima de despedida após a entrevista coletiva da qual participou no Palácio do Planalto”, acrescentou o jornal.

Postar um comentário

0 Comentários

×