Exército Brasileiro já produziu 2,2 milhões de comprimidos de cloroquina


O laboratório do Exército Brasileiro já produziu mais de 2,2 milhões de comprimidos do remédio cloroquina.
O medicamento está sendo testado no tratamento de infecções por coronavírus no Brasil e em outros países, como Estados Unidos e Índia.
Em meio à proliferação da pandemia, os militares ainda pretendem aumentar a fabricação do fármaco para 1 milhão por semana.
Cada pílula custa R$ 0,20, destaca o jornal Folha de S.Paulo, em reportagem publicada nesta terça-feira (14).
A intensificação da produção foi uma determinação do presidente da República, Jair Bolsonaro, um dos principais defensores do uso do remédio pra tratar o Covid-19.

Postar um comentário

0 Comentários

×