São Paulo confirma 2º caso de coronavírus no Brasil

 

A Secretaria de Saúde de São Paulo notificou ao Ministério da Saúde 1 novo caso de coronavírus no Brasil na tarde deste sábado (29.fev.2020). O paciente tem 32 anos, esteve recentemente em Milão, na Itália, e no Brasil foi atendido no Hospital Israelita Albert Einstein na 6ª feira (28.fev).
Ele chegou em São Paulo na 5ª feira (27.fev), mas os sintomas foram percebidos ainda no norte da Itália. Durante o voo, usou máscara. No atendimento, relatou febre, dor muscular e dor de cabeça. Segundo as autoridades, o quadro do paciente é estável. Ele recebeu a orientação de isolamento domiciliar, onde vive com a esposa que está assintomática.
O monitoramento diário está a cargo da Secretaria Municipal de São Paulo.  Já a investigação de contatos próximos durante o voo está sob responsabilidade das secretarias estadual e municipal de São Paulo em conjunto com a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária).
Até o momento, 207 casos suspeitos de coronavírus são monitorados no país.
O 1º caso brasileiro foi confirmado, também em São Paulo, na 4ª feira (26.fev). Trata-se de 1 homem de 61 anos.
“Já tínhamos a confirmação, o que só reforçava o caso positivo já diagnosticado laboratorialmente no hospital Albert Einstein”, disse o ministro Henrique Mandetta (Saúde), em entrevista na sede do Ministério da Saúde na ocasião. De acordo com Mandetta, o paciente estaria bem e isolado em casa.
Ao todo, já são 61 países com registro da doença. 

O QUE É O CORONAVÍRUS

O Covid-19 pertence à família dos coronavírus (batizados assim devido ao formato semelhante ao de coroas). Eles são conhecidos desde meados da década de 1960 e geralmente circulam apenas entre animais (tais como ratos, morcegos e pequenos mamíferos), mas podem sofrer mutações facilmente e serem transmitidos para humanos.
Esses vírus normalmente provocam doenças respiratórias leves ou moderadas. A maioria das pessoas foi ou será infectada com 1 dos tipos mais comuns de coronavírus ao longo da vida, vindo a apresentar sintomas semelhantes aos de 1 resfriado comum.
Outras variações de vírus dessa família, no entanto, podem causar síndromes respiratórias graves e já provocaram epidemias de alcance mundial, como o surto de Mers, em 2012, e de Sars, em 2003.
Os coronavírus podem ser transmitidos a humanos pelos animais quando há 1 contato muito próximo. Mas também pode haver transmissão de uma pessoa a outra por meio da tosse, espirro, beijo e contato com a saliva –de acordo com as autoridades sanitárias da China.


×