Breaking News

Bolsas europeias operam em baixa expressiva

Koji Sasahara/JPN/AP 
As principais Bolsas da Europa iniciaram o dia com quedas expressivas, em um contexto de pânico pelas consequências do novo coronavírus e apesar das medidas adotadas pelos bancos centrais ontem.
Em Paris, o índice CAC 40 perdia 9%. Londres (-7,6%) e Frankfurt (-7,8%) também operavam em forte queda. Madri recuava 8,7% e Milão perdia 7,6%.
A queda dos mercados europeus aconteceu após as fortes baixas na Ásia: Xangai (-3,4%), Hong Kong (-4,03%) e Tóquio (-2,46%).

Bolsa da Austrália registra queda histórica de 9,7%

A Bolsa de Sydney registrou uma queda recorde de 9,7%, no momento em que os temores sobre o impacto do novo coronavírus abalam os mercados.
O índice ASX 200 perdeu 537,30 pontos, a 5.002,00 unidades. Os setores industrial e de energia foram os mais afetados, com perdas de mais de 15%.
O ASX 200 perdeu mais de 30% desde o fim de fevereiro.

Bolsa de Tóquio fecha em queda de 2,46%

A Bolsa de Tóquio encerrou a sessão de hoje em baixa de 2,46%.
O índice Nikkei 225 perdeu 429,01 pontos, a 17.002,04 unidades.
×