Breaking News

Após inquérito policial, redação do SBT quer Dudu Camargo fora do ar


Após a apresentadora Simony abrir queixa-crime e representação contra Dudu Camargo, que apalpou seu seio ao vivo na RedeTV, durante o Carnaval, jornalistas do SBT defendem que ele seja afastado imediatamente do telejornal matinal "Primeiro Impacto".
Simony prestou queixa na 4ª Delegacia de Defesa da Mulher em São Paulo após o Carnaval. A polícia abriu inquérito e já está investigando o caso como "importunação sexual".
A coluna conversou com jornalistas da emissora que, sob anonimato, confirmaram ter pedido à direção que fale com Silvio Santos —única pessoa que tem poder de tomar essa decisão.
Silvio no momento está de férias nos EUA.
Para os jornalistas, manter Dudu no ar à frente do "Primeiro Impacto", após todo o caso, tira a credibilidade do telejornal, do jornalismo da casa e da própria emissora.
Segundo eles, o correto seria o SBT afastá-lo ao menos até o final do inquérito.
O caso Simony causou espanto e indignação na redação da emissora, que já é obrigada a suportar um âncora que não obedece e não dá satisfação sobre seus atos nem à direção de Jornalismo e muito menos à assessoria do SBT.
Apesar do desejo dos repórteres da emissora, muita gente acredita que Silvio dificilmente afastará Dudu, uma vez que contratou Marcão do Povo depois que esse chamou Ludmilla de "macaca" quando ainda estava na Record em Brasília.
Na semana passada a cantora disse que vai "até o fim" no processo contra Marcão por racismo.
Dudu Camargo, 21, começou a apresentar o telejornal em 2017, por ordem de Silvio Santos —que simpatizou com o rapaz, que foi pedir emprego na porta do cabeleireiro Jassa.
Outro Lado
Procurada nesta segunda (09), a assessoria do SBT disse que não comentaria o assunto. Procurado, Dudu Camargo não se manifestou até o momento.
×