SP registra caso suspeito de coronavírus em homem que veio da Itália

Mapa do Hospital Johns Hopkins mostra o quadro mundial de infecções pelo novo coronavírus em 25 de fevereiro de 2020 - Reprodução 

O Ministério da Saúde divulgou na noite desta terça-feira (25) que investiga com as secretarias estadual e municipal de São Paulo um possível caso positivo de coronavírus na cidade.
O possível caso de doença pelo novo coronavírus foi registrado pelo Hospital Israelita Albert Einstein.
O hospital realizou as medidas preventivas para evitar transmissão por gotículas, coletou amostras e realizou testes para vírus respiratórios comuns e o exame específico para SARS-CoV2, pelo protocolo determinado pela Organização Mundial de Saúde.

Exame positivo no Einstein

De acordo com o resultado preliminar, que deu positivo, o hospital enviou a amostra para o laboratório do Instituto Adolfo Lutz, para contraprova. O instituto é o hospital de referência para testes da covid-19, doença provocada pelo vírus. Somente com o resultado da contraprova também testando positivo é que será confirmado o primeiro caso no Brasil.
Segundo o Ministério da Saúde, o processo de validação dos resultados está em curso e o laudo final da investigação será divulgado oportunamente. "A pasta recomenda, portanto, cautela sobre quaisquer informações que não sejam as oficiais, uma vez que a investigação não está concluída", diz nota do ministério.

Sintomas brandos

O paciente que pode estar com a covid-19 é um homem de 61 anos, residente em São Paulo/SP que viajou para a região da Lombardia, no norte da Itália, a mais afetada pela epidemia daquele país.
O homem esteve na Itália, a trabalho, de 09 a 21 de fevereiro, sozinho. Ele apresentou sinais e sintomas (febre, tosse seca, dor de garganta e coriza) compatíveis com a suspeita de covid-19. O paciente está bem, com sinais brandos e recebeu as orientações de precaução padrão.
A SES/SP e SMS/SP estão realizando a identificação dos contatos que homem teve em casa, no hospital e no voo, com apoio da Anvisa e da companhia aérea.

No mundo

Até o momento já são mais de 80.000 casos confirmados de covid-19 no mundo, com 2700 mortes. Na Itália, são 322 casos confirmados, com 11 mortes. A Itália é o país da Europa com mais casos e o terceiro do mundo com mais notificações.

Espírito Santo

A Secretaria de Estado da Saúde do Espírito Santo divulgou na noite desta terça-feira que investiga o primeiro caso de covid-19 no estado.
O paciente, assim como no caso de São Paulo, acabou de chegar de uma viagem à Itália, apresentando febre e outros sintomas respiratórios.
Após passar por uma unidade de pronto atendimento, o paciente foi transferido para o Hospital Jayme Santos Neves, em Serra, que é um dos hospitais de referência no Espírito Santos para casos de infecção pelo novo coronavírus.
O paciente está sendo monitorado e exames serão realizados para confirmar se tratar ou não de um caso de covid-19.

×