Abandonada, réplica da casa onde Lula nasceu em Pernambuco está em ruínas

Casa que Lula nasceu não resiste ao tempo e se transforma em ruínas - Beto Macário - 8.fev.2020/UOL 


A réplica da pequena casa de taipa onde nasceu o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) está em ruínas, prestes a desabar completamente. Ela fica no sítio Várzea Comprida, em Caetés, sertão de Pernambuco, a cerca de 240 quilômetros do Recife.
Abandonada, a pequena residência similar à que Lula vivia antes de migrar com a família para São Paulo está abandonada, sem qualquer manutenção.
A casa feita de madeira e barro simula a mesma em que vivia Eurídice Ferreira de Melo, a Dona Lindu, com os filhos até sua fuga da seca em 1952. A réplica teria sido erguida em 2004, quando Lula ainda estava no primeiro mandato.
A reportagem do UOL visitou o local no último sábado (8) e encontrou a área protegida por uma cerca de arame farpado baixa e com vários pontos abertos. Não foi difícil achar um espaço entre os arames e chegar até a casa.
Na pequena residência, o teto e boa parte das paredes caíram por conta da falta de manutenção. A porta lateral tem apenas a parte de baixo, o que permite a entrada no local sem maiores problemas.

"Está sem ninguém olhar"

A poucos metros da casa, a reportagem buscou informações com um grupo de oito homens, que bebiam alegremente sob uma árvore. Eles contaram que o local estava abandonado, e indicaram para falar com o dono do bar ao lado, identificado como "primo de Lula". "Não quero dar entrevista", avisa o homem após servir uma dose de cachaça a um cliente.
"Muita gente ainda visita a casa, mas não sou em quem tomo conta, não. A casa está lá sem ninguém olhar", conta o "primo de Lula".
Em 2012, o UOL visitou a casa e conheceu o agricultor José Augusto dos Santos, que tinha a chave do local e contou que era o proprietário do terreno onde está a réplica da casa. "Eu vendi meio hectare a um irmão do Lula, há uns oito anos atrás. Depois que ele deixou o governo, nunca veio visitar", contou Santos na época. "A ideia era fazer um museu, mas até agora nada, ali parou."
No sábado, a reportagem procurou novamente seu José, para obter mais informações, mas a casa onde ele morava estava fechada.
Segundo explicou em 2012, a casa foi erguida em um local próximo onde era a original residência como uma forma de homenagem ao ex-presidente.
O terreno exato onde estava construída a pequena residência tem hoje plantações de macaxeira e feijão, e a proprietária não quis vender à família do ex-presidente.
A última vez que ex-presidente visitou o local foi em 2006, em campanha para reeleição. À época, com a popularidade em alta, a casa do então presidente era uma atração turística.
O UOL procurou a assessoria do Instituto Lula para saber se o ex-presidente tinha conhecimento da situação do local, mas não obteve resposta.
×