INÊS É MORTA, TOFFOLI


Por Fernando Brito

O presidente do Supremo, Dias Toffoli, diz o óbvio em entrevista ao Estadão: a Lava Jato destruiu empresas e empregos.

“A Lava Jato foi muito importante, desvendou casos de corrupção, colocou pessoas na cadeia, colocou o Brasil numa outra dimensão do ponto de vista do combate à corrupção, não há dúvida. Mas destruiu empresas. Isso jamais aconteceria nos Estados Unidos. Jamais aconteceu na Alemanha. Nos Estados Unidos tem empresário com prisão perpétua, porque lá é possível, mas a empresa dele sobreviveu.”

Perfeito, tem toda a razão. Mas ter razão com quase cinco anos de atraso adianta, literalmente, nada.

Não vai devolver empregos ao meio milhão de trabalhadores que os perderam na avalanche da Lava Jato. 
×