Header Ads

Breaking News

Kombi que deu origem à Nike recebe homenagem da VW

VW Kombi azul 

A Volkswagen aproveita a parceria com a Nike para homenagear a Kombi do do primeiro funcionário da então Blue Ribbon Sports, empresa que mudou de nome em 1972 para se tornar a gigante dos tênis e da moda esportiva. O funcionário era Jeff Jonhson e foi quem sugeriu que o novo nome da BRS fosse curto como as das grandes empresas de sucesso nos EUA, como a Xerox, no início dos anos 70.


A partir do ultimo dia 5 de outubro até o final do mês, a Kombi clássica de Jonhson e o protótipo ID Buzz (conceito da nova Kombi elétrica, que será lançada em 2022) vão rodar de Santa Mônica (onde foi fundada a Blue Ribbon Sport) até Nova York, numa ação promocional que vai mostrar cruzar os EUA para mostrar a história da Nike, fazer doações de tênis, entre outras atividades.
Pintada das mesmas cores do protótipo oficial do ID Buzz, a Kombi dos anos 60 servirá para ilustrar a origem da Nike. “Saber que a Volkswagen teve um papel fundamental na história da Nike é realmente intessante para nós”, disse o vice-presidente de marketing da VW nos EUA, Saab Chehab.
VW Kombi azul
Os primeiros tênis da Nike foram vendidos com ajuda de uma Kombi azul e branca, na Califórnia (EUA)
O executivo da VW também complementou dizendo que “dar apoio ao renascimento da BRS é uma base perfeita par ajudar a mostrar dos valores em comum entre as duas marcas e de mostrar ao mundo o compromisso da VW com e eletrificação não é apenas uma questão de transporte individual, mas também de se locomover de uma maneira mais racional”.

 Além da Kombi, VW terá outros elétricos

VW ID.3 branco
VW ID.3 é o primeiro integrante da nova família de elétricos da marca alemã, que também terá a nova Kombi, em 2022
A Volkswagen espera que a Kombi do futuro faça tanto sucesso quanto o modelo original, assim que entrar em produção, dentro de três anos. A van vai fazer parte da nova linha de modelos elétricos que a marca alemã vaia lançar e que tem como primeiro integrante o ID.3. que foi mostrado no Salão de Frankfurt e começará a ser vendido a partir de meados de 2020 por preços que partirão de 30 mil euros ( algo em torno de R$ 140 mil numa conversão simples).

 As primeiras 30 mil unidades do VW ID.3 fazem parte de uma série especial que será entregue no fim do ano aos clientes. Todas elas contam com itens exclusivos como comandos por voz, GPS, teto solar panorâmico, head-up display com realidade aumentada, além de pintura bicolor e rodas de aro 20 entre os principais equipamentos.