Header Ads

Breaking News

10 insanos momentos de Batman que os filmes nunca vão mostrar

 
Batman é um dos super-heróis mais sombrios das histórias em quadrinhos desde os anos 80.
Como tal, estrelou diversas tramas muito maduras nas últimas décadas, e é justamente por causa disso que ficou tão cultuado.
Aqui estão dez momentos insanamente pesados de histórias do Batman que nunca serão adaptados para os cinemas.

A experiência de Warren White no Asilo Arkham

Warren White é um vilão do Batman com uma das mais interessantes histórias de origem da DC. Em Arkham Asylum: Living Hell, White é enviado para o manicômio mais famoso das histórias em quadrinhos após fingir estar perturbado, a fim de evitar uma sentença de prisão mais longa.
Mas ele paga o preço pelo fingimento: White vive horrores tão indescritíveis no Asilo Arkham que, no fim, acaba ficando maluco de verdade.

Batman abandona KGBesta para morrer

Na história de Batman #420, o conto de Batman lutando contra o KGBesta é surpreendentemente sério. Após superá-lo em combate, Batman tranca o vilão em um túnel do metrô e o abandona lá para morrer.
Simples assim. Mas vale destacar: na edição posterior, a consciência de Batman pesou e ele decidiu chamar a polícia para prender KGBesta.

O circo de horrores do Professor Porko

Professor Porko é um dos mais macabros e assustadores vilões do Batman. Certa vez, Robin invadiu seu circo de horrores, onde foi confrontado pelos “bonecos ajudantes” do Professor Porko.
Não parece tão ruim, até que você descobre que esses “bonecos” na verdade são pessoas que sofreram lavagem cerebral e foram horrivelmente alteradas cirurgicamente para ficarem com aquela aparência. Arrepiante!

O Lorde da Morte

O Lorde da Morte é um homem imortal com cara de caveira. Certamente seria um vilão bem assustador, certo?
Em Batman Incorporated, de 2011, temos uma cena que é um verdadeiro pesadelo: o homem aparentemente morto é aberto durante uma autópsia, mas “acorda” e massacra todos os cirurgiões que estavam realizando a operação.

Espantalho tortura uma criança mentalmente

De todos os vilões de estilo pavoroso do Batman, o Espantalho talvez seja o mais popular.
E nós sabemos bem o porquê disso! Em Cycle of Violence, Jonathan Crane sequestra uma menina pequena e a tortura mentalmente dos modos mais terríveis possíveis. Sua motivação? Ele queria adquirir uma toxina do medo mais potente através das sessões de tortura.

Batman faz Robin comer ratos

Grandes Astros: Batman e Robin, de Frank Miller, foi severamente criticada por deturbar completamente a imagem do Cavaleiro das Trevas que conhecemos e amamos.
Num certo momento, para testar a resistência de Dick Grayson, Batman o abandona na Batcaverna, forçando-o a comer ratos (e talvez alguns morcegos) para sobreviver. A revista é cheia de cenas vergonhosas assim.

Noites de Trevas: Metal

Aqui não se trata de um momento em particular, mas de toda uma revista em quadrinhos. Noites de Trevas: Metal, de Scott Snyder, é impossível de ser levada aos cinemas, pelo menos de jeito bem-sucedido.
A história é cheia de ideias malucas e megalomaníacas, e basicamente envolve a Terra sendo atacada por versões malignas do Batman.

Batman: Uma Morte Longa e Lenta

Batman: Uma Morte Longa e Lenta é uma das histórias em quadrinhos mais deprimentes de todos os tempos. O gibi conta a história de Walt, um homem que Batman encontrou tentando se matar.
Ao longo da narrativa, descobrimos o porquê de ele ser tão depressivo: enquanto brincava com seu filho, acidentalmente ele o deixou cair, paralisando-o pelo resto da vida. Sua família passa a odiá-lo, ainda mais depois que sua esposa descobre uma traição.
Bem quando as coisas parecem estar melhorando – com seu filho recuperando a fala e sua esposa se entendendo com ele de novo -, um terremoto acontece, matando toda a sua família. Fim da história.

A família de Arkham

Amadeus Arkham foi dono e fundador do Asilo Arkham, que meio que serve como casa para os maiores vilões do Batman. O próprio Arkham, um respeitável psiquiatra, é bastante perturbado, e em Asilo Arkham: Uma Séria Casa em um Sério Mundo descobrimos o por quê.
No passado, um dos pacientes de Amadeus fugiu e invadiu sua casa, estuprando, matando e desmembrando sua esposa e sua filha. Depois, colocou a cabeça da filha em uma casa de bonecas. O evento torna compreensível o estado mental de Arkham, cujos fantasmas também assombram seu Asilo.

A cena de Damian em A Morte da Família

É completamente possível que Batman: A Morte da Família seja adaptada para os cinemas. No entanto, vão ter que excluir algumas cenas, como a que Coringa tortura Damian Wayne.
Obcecado por um Robin, Coringa amarra Damian de cabeça para baixo, colocando a pele da sua cara no rosto do garoto. Acontece que ela está infestada de larvas e outros tipos de vermes nojentos. A cena é de embrulhar o estômago.