Header Ads

Desafio 27 Dias Para Secar

Breaking News

Joysticks de Xbox captaram conversas de gamers sem permissão

JOYSTICK XBOX 

Aquele palavrão que você solta durante um vacilo no seu game favorito pode estar sendo ouvido por um ser superior. Contudo, não se trata de uma divindade, e sim do sistema de inteligência da Microsoft. O que não significa que você não tenha com o que se preocupar. Aliás, o superior pode até ser um humano também.
De acordo com reportagem publicada pelo VGC, o áudio de vários jogadores foi captado sem o consentimento dos mesmos. Como se sabe, é preciso falar “Hey, Cortana” para ativar o sistema de gravação pelo joystick. Porém, pessoas envolvidas nesse setor afirmaram que conversas estavam sendo gravadas sem que essa ordem fosse dada.
Um funcionário disse ao site Vice que esses “acionamentos involuntários” começaram “discrepantes”, mas tudo foi crescendo de tal maneira que em um ponto já se era o que mais acontecia. O mesmo envolvido revelou ainda que a maior parte do áudio captado provinha de crianças. Ainda de acordo com a Vice, Skype e PC também foram plataformas utilizadas para essa coleta.
Um empreiteiro atual disse: “A maioria das coisas relacionadas ao Xbox que eu me lembro de fazer foi, obviamente, ativações não intencionais com pessoas dizendo a Cortana ‘Não’ como elas estavam obviamente no meio de um jogo e fazendo um bate-papo normal.”

O que diz a Microsoft

Em um comunicado fornecido ao site, a Microsoft afirmou que tem sido aberta sobre as maneiras como usa esses áudios para melhorar os produtos habilitados por voz. Em outras palavras, a empresa ouviu sim os gamers, mas dentro das condições combinadas. Diante disso, o conteúdo captado tem por objetivo apenas a melhoria do serviço.
“Há muito tempo deixamos claro que coletamos dados de voz para melhorar os serviços habilitados por voz. E esses dados são às vezes, revisados ​​pelos fornecedores”, disse um porta-voz da empresa, que enfatiza que segue:
“Atualizamos recentemente nossa declaração de privacidade para aumentar a clareza de que as pessoas revisam esses dados como parte do processo de melhoria do produto.
Sempre obtemos permissão do cliente antes de coletar dados de voz, tomamos medidas para desidentificar trechos de voz que estão sendo revisados ​​para proteger a privacidade das pessoas e exigimos que o manuseio desses dados seja mantido nos mais altos padrões de privacidade da lei”. conclui o comunicado.

Isso não acontece mais

De acordo com a empresa, ninguém ouvirá mais os gamers. Isso porque um porta-voz da Microsoft disse em uma declaração adicional que a empresa já interrompeu esse trabalho. “Paramos de revisar qualquer conteúdo de voz obtido pelo Xbox para fins de aprimoramento de produtos alguns meses atrás. Fizemos isso porque sentíamos que não era necessário, e não temos planos de reiniciar essas revisões.”