Breaking News

Jornal divulga foto de mala com 39 kg de cocaína levada por sargento da FAB

Reprodução/El País 


O jornal espanhol El País divulgou hoje uma imagem que mostra a mala onde foram transportados 39 quilos de cocaína por um sargento da FAB (Força Aérea Brasileira). No último dia 25 de junho, o sargento Manoel Silva Rodrigues foi detido com a droga em Sevilha, na Espanha. Ele integrava a comitiva de militares que acompanhou o presidente Jair Bolsonaro (PSL) durante deslocamento até o Japão, onde participou de encontro do G20.
A cocaína estava embalada em 37 pacotes escondidos em uma mala. A foto mostra que praticamente todos os pacotes estavam enrolados com fita bege, com exceção de um, com a cor amarela.
Segundo o El País, todos os pacotes estavam em uma mala de mão de cor escura sem nada mais em seu interior.
Avaliada em R$ 6 milhões, a droga estava dividida em blocos dentro de uma mala de rodinhas e não estava nem disfarçada, segundo as autoridades espanholas. O sargento teria passado pelas autoridades espanholas fardado e, por não ter ocultado a droga, acredita-se que ele não esperava a inspeção aduaneira.
Silva é alvo de investigações conduzidas pela polícia espanhola e pelas Forças Armadas brasileiras. Aqui, será julgado pela Justiça Militar. Se condenado no Brasil, pegará até cinco anos de prisão e ser expulso das Forças Armadas. Na Espanha, o militar pode responder por crime contra a saúde pública.
Ontem, Bolsonaro disse que o governo irá enviar uma equipe de militares para interrogar o sargento Rodrigues. "Temos a suspeita de que não é a primeira vez que ele mexeu com drogas, tendo em vista a quantidade. E investigações a que tive acesso estão indo a contento", disse o presidente.