Breaking News

"JN" ignora primeira entrevista de Lula na prisão, e apoiadores reclamam

Reprodução/TV Globo 

O "Jornal Nacional" ignorou a primeira entrevista concedida pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, após ser preso há mais de um ano na sala da Polícia Federal, em Curitiba (PR). Lula falou com exclusividade aos jornais "Folha de S. Paulo" e "El País".

O silêncio do principal telejornal da Globo provocou reclamação de internautas nas redes sociais.

"Vocês não acharam relevante evidenciar na chamada a primeira entrevista de um ex-presidente preso, e que foi pivô das últimas eleições? Lembro que, para falar dos processos, muitas vezes dedicavam-se até 15 minutos do jornal", escreveu um deles, em mensagem enviada diretamente à emissora no Twitter. "Cadê a entrevista?", perguntou outro, mais objetivo.

Telejornais de outras emissoras, como o "Jornal da Band" e o "SBT Brasil", reproduziram a entrevista através de imagens cedidas pela Folha e El País.

Na entrevista, o ex-presidente disse que o Brasil está sendo comandado por "um bando de maluco", citou a sua obsessão em desmascarar Sergio Moro, além de falar sobre a sua rotina na prisão.