Header Ads

Desafio 27 Dias Para Secar

Breaking News

Felipe Neto bane Melody de seu canal no YouTube por causa de apelo sexual

Montagem/BOL  

Felipe Neto, um dos maiores youtubers do Brasil, anunciou nesta quarta-feira (16) que vai banir o conteúdo de MC Melody de seu canal no YouTube, que tem 29 milhões de inscritos. O motivo é o forte apelo sexual nos últimos trabalhos da cantora, que tem 11 anos de idade.

"Galera, infelizmente a Melody está banida do meu canal. Havia informado ao seu pai que não faria mais 'react' enquanto ela fosse sensualizada. Ele me prometeu que ia mudar, mas só piorou. E piorou muito. Ela tem 11 anos. Onze. E eu tive que censurar uma foto para poder exibir", publicou Neto no Twitter.

Junto com a mensagem, Felipe Neto publicou um desabafo de uma pessoa que teria testemunhado a gravação de um clipe de Melody em Santos (SP). Segundo o relato, durante as gravações rolaram "zoom na bunda, coxa e seios" da menina de 11 anos. Prints dos stories de Melody mostram a cantora na praia e mostrando marquinha de sol do biquíni. Em outro tuíte, o youtuber ainda pediu que seus seguidores não ataquem a menina, que não tem culpa de toda a situação. "Eu quero lembrar a todos, por favor, a Melody é uma criança, uma menina ingênua que não faz a menor ideia de tudo isso que acontece. Ela é um doce de criança. Veio aqui ano passado e me trouxe um desenho q ela fez de mim. Por favor, não maltratem ela. Ela não tem culpa de nada", reforçou. Entusiasta do trabalho de Melody, Felipe Neto costumava fazer reações aos clipes dela, um formato bastante popular no YouTube. Na última delas, em novembro, foram mais de 5 milhões de visitas. No vídeo, ele já alertava que estava incomodado com a forma que a cantora aparecia nos últimos clipes. "Se essa é a roupa que ela vai usar o clipe inteiro, vou ter que botar 'blur' (recurso que borra a imagem) no clipe inteiro. Tá tipo o decote da Lady Gaga. Ela tem 11 anos, cara. Eu não vou mostrar, não tem como", disse. Outro lado Procurado pelo UOL, o pai de Melody, MC Belinho, responsável pela carreira da filha, se disse surpreso com a decisão do youtuber, que tem contato direto com ele. Belinho diz ter enviado uma mensagem no WhatsApp questionando o youtuber, que visualizou e não respondeu. "Fico surpreso de ele fazer uma publicação dela antes de falar comigo. Ele é um cara muito famoso e não precisa desse tipo de coisa, ainda mais com a gente, que somos muito legais com ele. Ficou muito esquisito, já que ele tem meu contato. Mas já que ele quer banir, pode banir os 150 milhões de visualizações que geramos para o canal dele. É muito fácil, pra gente não vai fazer diferença alguma. Quando ele reage é legal que acaba ajudando, mas ele também é ajudado. Os vídeos com mais visualizações no canal dele são os nossos." O pai de Melody confirma que o youtuber já havia pedido em mensagens para diminuir a sensualidade nos clipes para que se adequasse melhor ao canal dele, mas disse que não falava com o Felipe Neto havia pelo menos um mês, quando entrou ao vivo por telefone em um vídeo. "Foi a última vez que falamos da Melody, quando ela esclareceu que o piercing no nariz é de pressão." Belinho ainda disse que vai processar Nicoli De Vera, a pessoa que teria publicado o relato dizendo que as câmeras se aproximavam das coxas e seios da criança. O empresário diz que a acusação é caluniosa e que já acionou seus advogados e reuniu os prints para entrar com o processo. O clipe gravado em Santos (SP), que na verdade é de MC Bella com participação de Melody, deve sair ainda em janeiro. Quando Melody surgiu, em 2015, o Ministério Público de São Paulo chegou a investigar o "forte conteúdo erótico e de apelos sexual" do trabalho da menina. O pai precisou se comprometer a adaptar o estilo e mantê-la perto dos estudos e longe das casas de shows. Melody chegou a fazer uma pausa na carreira, mas voltou no ano passado. Indignação internacional Em um vídeo publicado no YouTube há três semanas, Julia Cristina, uma youtuber italiana que vive nos Estados Unidos, chama a atenção para o caso de Melody. Intitulado "Melody Needs Help" (Melody precisa de ajuda) e todo falado em inglês, o vídeo já soma quase 700 mil visualizações, parte delas de brasileiros. Mesmo sem entender o que Melody fala ou canta, Julia destaca que a imagem que a menina de 11 anos passa é apelativa e sensual não só nos clipes, como também no Instagram, maior rede social da cantora, com 3,4 milhões de seguidores. "Isso pode até causar problemas psicológicos nela", alerta a youtuber, que produz vários vídeos sobre exploração infantil.