Breaking News

Prepare o bolso! Celular com tela dobrável da Samsung pode custar US$ 1.770

Protótipo apresentado durante conferência anual da Samsung para desenvolvedores 

A semana já começa com previsões quentes sobre o super lançamento do primeiro celular com tela dobrável da Samsung. Menos de uma semana depois da apresentação do modelo, que promete ser a próxima tecnologia revolucionária do mercado de smartphones, rumores indicam o novo celular pode custar até US$ 1.770.

Pois é. Se muita gente achava que o iPhone X era caro por custar US$ 1.000 durante o seu lançamento, vai ter que economizar ainda mais se quiser experimentar o celular com a nova tecnologia.

Segundo informações da Agência de Notícias Yonhap, da Coréia do Sul, o modelo deve se chamar Galaxy F e chegará ao mercado em março de 2019.

Por enquanto, o que temos oficialmente é que o celular apresentado no último dia 7 era um protótipo do que será a tecnologia. 

O aparelho funciona com uma tela normal na parte da frente. Mas quando o abrimos, surge uma outra tela na parte interna que ocupa os dois lados do celular, ficando do tamanho de um tablet com 7,3 polegadas.

A Samsung explicou que o sistema operacional do celular dobrável tem vários recursos de multitarefa. Então, o usuário vai poder usar, por exemplo, três aplicativos ao mesmo tempo. 

DJ Koh, presidente-executivo da Samsung, afirmou durante o lançamento que a empresa planeja lançar um milhão de celulares com tela dobrável ao longo do ano que vem.

Em resposta ao UOL Tecnologia, o chefe de pesquisa e desenvolvimento da área de visual mobile da Samsung, Harksang Kim, apontou que o inovador dispositivo estaria nos últimos estágios de desenvolvimento e que a intenção é oferecer ao usuário algo diferente de um tablet.

Galaxy S10 com conexão 5G

De acordo com a Agência Yonhap, a evolução do famoso Galaxy S9 da Samsung deve ser lançada em fevereiro do próximo ano, durante a grande feira de tecnologia Mobile World Congress em Barcelona.

O novo Galaxy S10 provavelmente virá com suporte à conexão 5G, que ainda está sendo testada e desenvolvida em vários países.