Breaking News

Temporada de "Walking Dead" começa com pedido de casamento e morte chocante

Divulgação 

O primeiro episódio da 9ª temporada de "The Walking Dead", exibido neste domingo (7) na Fox, Fox Premium e Fox App, transformou em realidade o sonho que Carl (Chandler Riggs) teve na temporada anterior. O ex-xerife Rick (Andrew Lincoln) está mais velho, de cabelos ligeiramente grisalhos e vivendo em paz em Alexandria ao lado da filha Judith e de Michonne (Danai Gurira). A nova temporada será dividida em 2 partes, com 8 episódios cada.

O título "New Beginning" ("Um Novo Começo") é o mesmo da série de quadrinhos originais escritos por Robert Kirkman que têm a história ambientada dois anos após a guerra contra Negan. E, de fato, a paz reina entre as diversas comunidades que agora vivem como em uma sociedade rural, com cavalos e carroças.

Com pouquíssimas cenas de ação, o episódio foi completamente focado em mostrar como as comunidades se organizaram após a vitória contra Negan. O grande vilão das temporadas passadas só é mencionado uma vez, em uma agourenta pichação feita dentro do Santuário, em que parte dos moradores pede por sua volta. Os novos vilões, os Sussurradores, também não apareceram.

Divulgação 

Por outro lado, os homens e mulheres de confiança de Negan, aqueles que nos acostumamos a odiar nas temporadas passadas, vivem em paz no Santuário junto com novos moradores. A antiga fábrica agora é liderada por Daryl (Norman Reedus). O motoqueiro, no entanto, não está satisfeito e reclama da falta de comida, de que as pontes de acesso ao Santuário estão destruídas, de que as estradas são péssimas e de que nada cresce ao redor da fábrica, exceto um milho sem qualidade para o consumo. Mas com ajuda de Eugene (Josh McDermitt), eles usam o milho para produzir etanol para os carros.

Um dos momentos mais tensos mostra os personagens entrando em Washington (DC), com o Capitólio dos Estados Unidos completamente destruído. Na sequência, eles invadem um museu de história natural em busca de ferramentas, carroças, arados e canoas usados no passado. "Olhamos para o passado para nos ajudar no presente", diz Rick em um dado momento.

Dentro do museu, o rei Ezekiel (Khary Payton) quase é mordido por um walker e quando finalmente é resgatado, abraçado e beijado por Carol (Melissa McBride). Ao que tudo indica, os anos de paz ajudaram a unir o casal. Na estrada de volta para a Virgínia, Ezekiel está cavalgando ao lado de Carol e a surpreende dizendo que a ama e a pede em casamento. Mas ela não aceita. "Se for para acontecer, não vai ser assim", diz Carol. Mais tarde, a personagem desabafa para Daryl: "Parte de mim quer dizer sim".

Divulgação 

Morte em Hilltop

A história, então, é desviada para Hilltop. Os moradores estão ficando insatisfeitos com a liderança de Maggie, especialmente após um dos jovens morrer na estrada na volta de Washington. A morte desencadeia uma crise na comunidade e os pais do garoto, antigos moradores de Hilltop, não aceitam a perda do filho e querem que Gregory (Xander Berkeley) assuma novamente o comando.

Após o enterro do garoto, Maggie está passeando com seu filho do lado de fora do casarão quando Gregory diz que alguém profanou o túmulo de Glenn. Maggie fica transtornada e corre para o local. Ao chegar lá, o pai do garoto morto tenta matá-la e o carrinho do bebê é jogado no chão, mas a criança não se machuca. Maggie consegue escapar e vai atrás de Gregory, que se escondeu dentro da casa. O ex-líder da comunidade confessa que conspirou para matá-la e tenta esfaqueá-la. Maggie consegue escapar e prende Gregory.

Divulgação 

No final do episódio, Maggie toma a atitude mais surpreendente até o momento. Ela reúne no pátio de Hilltop toda a comunidade e condena Gregory a morte por enforcamento. O ex-líder da comunidade aparece com a corda em seu pescoço. A outra ponta da corda está amarrada no alto de uma viga de um cadafalso improvisado e Gregory é colocado sentado em um cavalo. Rick, Michonne e Daryl também estão presentes. Maggie diz que atitudes como a de Gregory não serão mais toleradas e ordena que Daryl puxe o cavalo, deixando Gregory pendurado até a morte.

A cena chocante que encerra o episódio aponta uma discordância fundamental entre Maggie e Rick, que deverá permear toda a temporada. Após a guerra com Negan, o ex-xerife não quer mais executar as pessoas, enquanto Maggie acredita que em alguns casos a pena capital é a solução. É possível que o embate determine o futuro dos personagens na série, uma vez que o ator Andrew Lincoln já se despediu da atração e o futuro da atriz Lauren Cohan como Maggie ainda é incerto.