Breaking News

Free Fire x Fortnite x PUBG: conheça os três games para celular do momento

 

O gênero de jogos do momento é o Battle Royale: dezenas de jogadores são colocados em partes aleatórias de um mapa, precisam coletar recursos e equipamentos e o último que sobreviver é o vencedor. Após o sucesso de "PlayerUnknown's Battlegrounds", lançado em 2017, outros games foram disponibilizados usando a mesma fórmula, mas com algumas pequenas diferenças para tentar atrair novos jogadores.
Atualmente, três desses games se destacam no celular. Um deles é "PUBG Mobile", baseado no jogo que deu origem à febre dos battle royales. O outro é um dos maiores fenômenos da atualidade: "Fortnite", cujas dancinhas e comemorações foram incorporadas por jogadores de futebol, basquete, artistas e muito mais. E, por fim, temos "Free Fire", que, atualmente, é o mais popular entre os três na Play Store.
Caso você queira começar a jogar algum battle royale, é bom saber qual é o melhor para começar. Abaixo comparamos os principais recursos encontrados em cada um desses games.
Nos três casos, dezenas de jogadores compartilham um mesmo mapa para ver quem é o último a sobreviver. Algumas mecânicas são idênticas nos três jogos: além de coletar recursos espalhados pelo mapa, os jogadores também precisam de tempos em tempos se locomover para uma área específica dele. O que acontece é que o mapa vai sendo diminuído para forçar o encontro de jogadores e, assim, o combate entre eles.
Apesar dos conceitos básicos serem iguais, cada game aborda certas características de maneira diferente. "Free Fire", por exemplo, tem batalhas mais curtas (cerca de 10 minutos), com menos jogadores (máximo de 50), e duas opções de mapa que são menores do que o dos concorrentes. Ele é ideal para celulares mais baratos, por exigir menos do aparelho - com metade dos jogadores dos outros dois, ele é consideravelmente mais leve do que os concorrentes.
Já "Fortnite", que exige celulares mais robustos para rodar, conta com 100 jogadores simultâneos e partidas que duram entre 20 e 30 minutos. O game conta com apenas um mapa que sofre alterações a cada uma das novas temporadas - atualmente, o jogo está na sexta temporada.
"PUBG Mobile" também junta até 100 jogadores em partidas que duram por volta de meia hora. O jogo tem três mapas diferentes para serem escolhidos, e cada um deles tem características próprias, além de serem consideravelmente grandes. Apesar de contar com diversas possíveis mudanças de configuração gráfica, o jogo é recomendado para celulares mais pesados - no caso do Android, com ao menos 2 GB de RAM.
Os três jogos também são diferentes em relação aos gráficos. "Free Fire", voltado para aparelhos mais baratos, conta com gráficos mais simples, embora o estilo artístico seja realista. "PUBG Mobile" é o que leva o realismo mais a sério, o que se percebe ao observar também os equipamentos complexos usados pelos personagens. E "Fortnite" tem um estilo mais divertido, com visual de desenho animado.
Outras características dos games são relativamente diferentes: em relação às armas, "PUBG" adora uma abordagem mais realista, enquanto "Fortnite" diferencia equipamentos de acordo com cores que definem o dano e eficácia, e "Free Fire" permite acoplar itens extras que melhoram o desempenho das armas.
Uma coisa é igual nos três games: na versão para celular, eles são gratuitos. E os três permitem o uso de dinheiro real para a compra de skins e itens de personalização dentro do game - porém, não é obrigatório comprar nada, e é totalmente possível jogar sem nunca gastar um centavo.