Breaking News

Orgulho e Paixão: Brandão é preso após tiro contra Elisabeta

Brandão e Elisabeta em Orgulho e Paixão (Foto: Reprodução) 

Elisabeta (Natalhia Dill) será alvo de um atentado que deixará Darcy (Thiago Lacerda) à beira da morte e Brandão (Malvino Salvador) será preso em Orgulho e Paixão.
Apesar de Brandão ser de fato o justiceiro, no momento do atentado será Virgílio (Giordano Becheleni), a mando de Xavier (Ricardo Tozzi), quem estará usando a roupa do herói, como informa o Notícias da TV. Antes de tentar matar a mocinha, o capanga irá à casa do coronel para capturá-lo, amarrá-lo e deixá-lo desmaiado na mata. Ele roubará a fantasia do Motoqueiro Vermelho e se passará pelo militar.

O plano será bem-sucedido, pois o criminoso, após tentativa de assassinato e de fugir da praça de Ouro Verde, voltará ao local onde deixou Brandão ainda desacordado. O malvado rapidamente irá vestir o rapaz com o traje de couro vermelho, colocará a arma do crime ao seu lado e o deixará ali para ser visto.
Ao acordar, o amigo de Luccino (Juliano Laham) vai dar de cara com o delegado e seus lacaios. “O que aconteceu? Ai, minha cabeça! Que isso? É um pesadelo, estou sonhando…”, declarará confuso ao perceber que está vestindo a fantasia.
Ao ver o Motoqueiro Vermelho com a arma, o policial o pegará. “Vamos ver quem é o homem por trás da máscara!”, declarará o agente, tirando o capacete e os óculos do motoqueiro. “Coronel Brandão? O senhor é o Motoqueiro Vermelho?”, indagará, assustado, o delegado Baltazar (Well Aguiar).
“Não tenho ideia de como vim parar aqui… Eu não sei o que dizer, o que pensar!”, falará o homem. “É uma grande surpresa e uma decepção maior ainda. O senhor está preso pela tentativa de assassinato de Elisabeta Benedito!”, anunciará o guarda.