Breaking News

Limão e beterraba, dois ingredientes aliados para ajudar a combater a gordura no fígado

Limão e beterraba, dois ingredientes aliados para ajudar a combater a gordura no fígado, em pouco tempo! 

O fígado é muito importante, pois é responsável pela purificação do organismo.

Portanto, é essencial garantir a saúde dele.
Isso vai depender, é claro, do estilo de vida que cada pessoa leva.

O excesso de bebida, é uma das causas, causa graves danos ao órgão;

Há uma doença hepática muito comum, conhecida como “fígado gordo”.

Ela se desenvolve quando há um acúmulo de ácidos graxos e triglicérides nas células do fígado.

Se você está com esse problema, pode apostar em alternativas naturais, sao sempre boas aliadas na nossa saúde.

Trouxemos duas receitas poderosas para compartilhar com seus amigos e também usufruir.

Confira:

Tome nota de todos os ingredientes:

INGREDIENTES

2 limões

1 beterraba média

1 xícara de água

MODO DE PREPARO

Bata a beterraba e a água no liquidificador e depois coe.

Feito isso, esprema os limões e adicione no suco.

Jamais coloque açúcar.

Beba três vezes ao dia, durante uma semana (mas tem que fazer uma nova porção sempre que for consumir).

RECEITA 2

A segunda receita tem mais ingredientes.

INGREDIENTES

2 limões

2 xícaras de suco de maçã e salsa (500 ml)

Meia colher (sopa) de azeite virgem

Meio dente de alho

Meia colher (sopa) de gengibre moído

Uma xícara de chá de ervas (erva-doce, dente-de-leão ou chá verde)

MODO DE PREPARO

Bata todos os ingredientes no liquidificador por alguns minutos.

Feito isso, beba por cinco dias consecutivos.

A ideia é beber duas horas antes de consumir qualquer alimento (conserve na geladeira).

Para você ter uma ideia falamos abaixo o que é o Fígado Gordo:

A infecção hepática Gorda é referida igualmente como a Infecção Hepática Gorda Não Alcoólica (NAFLD) ou Steatohepatitis.
Não Alcoólico (NASH).

Este é um grupo de circunstâncias onde há uma acumulação de depósitos da gordura adicional sobre o fígado.

Este depósito gordo é considerado igualmente entre alcoólicos.

A infecção hepática gorda Não alcoólica é considerada nos pacientes que bebem quase nenhum álcool.

O formulário o mais comum da infecção hepática gorda Não alcoólica é denominado fígado gordo.

O fígado Gordo é uma desordem muito comum e até 20 por cento dos adultos e aproximadamente 5 por cento das crianças são afetados.

Um dos factores de risco comuns para esta circunstância é obesidade.

Quase dois terços de adultos obesos e a metade de crianças obesos são encontrados para ter o fígado gordo.

Steatohepatitis Não Alcoólico – o formulário mais severo do fígado gordo – é visto dentro é ao redor 20% dos indivíduos obesos.

Com a elevação da obesidade durante os últimos pares de décadas, houve uma elevação em número dos indivíduos com fígado gordo.

Diagnóstico

O Diagnóstico é suspeitado em um indivíduo obeso.

Em análises de sangue há umas elevações suaves das enzimas do fígado – transaminase do Aspartato (AST)
e transaminase da Alanina (ALT).

Contudo, as análises de sangue podem igualmente ser normais em muitos casos.

Um ultra-som do abdômen, contudo, pode mostrar os depósitos gordos sobre o fígado e confirmar o diagnóstico.

Um teste mais confirmativo é tomando uma amostra pequena de tecido do fígado do fígado afetado.

Isto é chamado uma biópsia do fígado. A amostra é manchada apropriadamente e olhada sob o microscópio.

Os depósitos gordos anormais nas pilhas de fígado podem ser considerados sob o microscópio.