Breaking News

Atrase o envelhecimento fazendo colágeno e ácido hialurônico em casa!

 

Com o passar do tempo, nosso corpo vai perdendo alguns nutrientes necessários.
O ácido hialurônico é um deles.
E, para quem não sabe, ele é responsável por manter nossa pele firme, assim como o colágeno.
Essa substância é encontrada em muitos tecidos e órgãos do nosso corpo, como a pele e a cartilagem.
Para retardar o envelhecimento, alguns médicos prescrevem injeções de ácido hialurônico.
No entanto, há formas mais naturais de absorver esse composto.
Uma das mais indicadas é o consumo de ovos de galinha.
O alimento não só contém ácido hialurônico por dentro, como principalmente por fora.
Portanto, a maior concentração está na casca do ovo.
Se você quer aproveitar os benefícios, faça o seguinte:
1. Quebre a casca de 12 ovos e guarde as claras e gemas na geladeira.
2. Lave bem as cascas, por dentro e por fora, com água quente, a fim de remover toda a sujeira.
3. Depois coloque as cascas num saco plástico e pressione para que elas sejam quebradas em pedaços bem pequenos.
4. Feito isso, encha uma panela com 3 litros de água pura (filtrada) e leve para ferver.
5. Agora coloque na água fervente as cascas quebradas.
6. Tampe a panela e ferva as cascas com a água por mais 2 horas.
Coloque mais água,  se for necessário.
6. Coe o líquido com uma peneira fina, a fim de remover qualquer resíduo de casca de ovo.
7. Guarde a solução de ácido hialurônico em um frasco de vidro, pois ela contém uma grande quantidade deste ácido.
Para aplicar na pele é bem simples, basta passar em torno dos lábios, nas bochechas, nas linhas de expressão e nas rugas.
Ou seja, nos locais onde mais há imperfeições.
Um dos alimentos mais ricos e completos, utilizado em incontáveis pratos pelo mundo afora, é o ovo. Altamente nutritivo, versátil e encontrado com facilidade em toda parte, o ovo é um alimento relativamente barato.
Até aí, nenhuma novidade, mas o que não se comenta é o seu total aproveitamento, uma vez que, sua casca, desprezada na maioria dos preparos, pode nos fornecer a farinha de casca de ovo, riquíssima em cálcio.
A título de curiosidade, enquanto um copo de leite tem 290 mg de cálcio, a casca de um ovo caipira apresenta 2400 mg. A farinha de casca de ovo, além de utilizada como complemento nutricional, também é componente indispensável para plantas e rações animais.

Para Que Serve o Cálcio? Quais São seus Benefícios?

O cálcio é um mineral fundamental para nossos ossos e dentes, estando presente em mais de 95% da sua composição. Alguns traços desse mineral fazem parte do sistema circulatório e ajudam a impedir hemorragias fatais.
Ele é responsável para que tenhamos uma infância saudável, permitindo a construção de ossos e dentes fortes num curto período de tempo. O mineral nos acompanhará pela vida, mantendo nossas funções vitais e nossa estrutura óssea em pleno vigor, sendo importante também na velhice, para que a osteoporose e seus efeitos destruidores não nos atinjam.

Sinais da Deficiência de Cálcio

Quais os sinais que nosso organismo nos manda indicando que estamos consumindo cálcio em quantidades insatisfatórias? 
Somos o que comemos e o que deixamos de comer, portanto, a falta de cálcio se fará notar quando:
  • Nossas unhas começarem a se mostrar quebradiças e fracas;
  • Nosso cabelo parecer opaco e apresentar queda;
  • Nossa pele der sinais de ressecamento;
  • Fraturas tornarem-se frequentes;
  • Nossos dentes ficarem muito frágeis;
  • Nossas gengivas sangrarem;
  • Começarmos a sentir cãibras, dores musculares e espasmos;
  • Nosso corpo apresentar formigamento;
  • Notarmos que estamos tendo taquicardia;
  • Temos insônia;
  • Começamos a ter cólicas menstruais mais frequentemente;
  • Sinais de artrite começarem a se fazer presentes;
  • Crianças apresentam raquitismo;
  • Surgir a osteopenia e osteoporose;
  • Há maior propensão à irritabilidade, TPM e depressão.
Nesses casos, uma complementação será necessária. Seguramente, através dela todos esses problemas serão corrigidos.
Há algumas maneiras de se fazer essa reposição. Uma delas é ingerindo alimentos ricos em cálcio, como leite e derivados, tofu, salmão, amêndoas, soja e linhaça.
A segunda opção é tomando comprimidos ou cápsulas de cálcio. Nesse caso, procure orientação de seu médico.
Uma terceira saída, bastante simples e econômica, é através da adição de farinha de casca de ovo.

Como Fazer a Farinha de Casca de Ovo?

Sendo o ovo uma matéria prima totalmente acessível, o preparo da farinha de casca de ovo, ou pó de casca de ovo, tanto faz, é bastante simples.
Se houver a possibilidade da utilização de ovos caipira, adquiridos de pequenos criadores que não fazem uso de quantidades monstruosas de hormônios nas rações das galinhas, seguramente a farinha terá melhor qualidade.
Se essas galinhas forem criadas no seu quintal, aí sim, teremos a melhor farinha de casca de ovo possível!
  • Vamos precisar das cascas de 12 ovos.
  • Primeiramente, será preciso retirar a película ou membrana que reveste a casca internamente. Essa membrana deverá ser descartada completamente, pois sendo matéria orgânica, se não for bem retirada, trará mau cheiro.
  • O segundo passo deve ser a higienização dessas cascas, mantendo-as em água com algumas gotas de hipoclorito de sódio ou água sanitária.
  • A seguir, lave as cascas em água corrente e então leve-as para ferver por dez a doze minutos.
  • Retire-as da água e deixe que sequem completamente. Esse processo poderá ser feito no forno, prefencialmente a mais de 70º. O importante é que adquiram um tom amarelado.
  • Nesse momento, bata no liquidificador tempo suficiente para que se transforme num pó muito fino.
  • Talvez restem alguns pedaços maiores e mais grosseiros que não consigam ser totalmente triturados durante o processo. Nesse caso, passe por uma peneira, para que somente o pó seja utilizado. Descarte o restante.
  • Guarde em pote com tampa.
  • Coloque data, porque essa farinha poderá ser armazenada por seis meses, desde que longe da luz, e principalmente, longe da umidade.
Importante:
Não vá guardando as cascas dos ovos dia após dia. É importante que sejam manipuladas assim que os ovos forem utilizados. Isso também facilitará a retirada da membrana interna da casca.

Como Posso Fazer Uso da Farinha de Casca de Ovo?

Estando pronta para consumo, basta adicioná-la às sopas, molhos, sucos, vitaminas, bolos, caldos, feijão, saladas e onde mais sua imaginação e/ou paladar permitir.
Uma colher de café nas principais refeições é mais que suficiente para suprir a carência de cálcio, mas procure se orientar com nutricionista. Ele poderá avaliar as quantidades diárias de farinha de casca de ovo que deverão ser consumidas.
Não exagere na quantidade. O cálcio em excesso também poderá ser prejudicial.

Cálcio em Excesso

Já vimos que a falta de cálcio causa problemas, mas, e se houver o excesso desse mineral em nosso organismo?
Os problemas, nesse caso, também são preocupantes. Vejamos o que seu excesso poderá causar:
  • Formação de cálculos renais;
  • Fraqueza muscular;
  • Sobrecarga renal;
  • Irritabilidade;
  • Anorexia;
  • Problemas de memória.

Dicas

Além do carbonato de cálcio, a casca de ovo também apresenta quantidades importantes de magnésio e potássio. Desse modo, a farinha de casca de ovo apresenta um valor nutricional ainda mais interessante.
É muito importante que essas cascas sejam secas à temperaturas superiores a 70º, para que a farinha não possa transmitir Salmonella. Por isso, evite deixar as cascas secando ao Sol.

Considerações Finais

Sendo o cálcio um mineral tão importante para nossa saúde, evidentemente não poderá estar fora de nossa alimentação.
A farinha de casca de ovo é uma opção simples e barata, fácil de preparar e consumir, e deveria fazer parte de programas alimentares do governo, incentivando e esclarecendo as pessoas, de modo que passassem a utilizá-la na alimentação diária, complementando possíveis deficiências desse mineral.
Não havendo restrições médicas, não há motivos para não começar a utilizá-la. Seu organismo agradece.